Mundo de Bob #04 – O poderoso hater

Transcrição de último relatório de membro raúnico via mensagens instantâneas:
Rauzito diz: Diogo Bob, detectei que seu id remoto encontra-se com status online.
Diogo Bob diz: Putz, fala Rauzito. Tô editando!
Rauzito diz: Detectei isto também.
Diogo Bob diz: Tá, mas o que você quer?
Rauzito diz: Minha tarefa é verificar se o protocolo “Mundo de Bob” já está finalizado para lançamento.
Diogo Bob diz: Você não detectou que estou terminando de editar.
Rauzito diz: Obviamente, mas estou ativado em um processo conhecido pelos humanos como cobrança.
Diogo Bob diz: Falta muito pouco. Eu estava pensando em como as pessoas na Internet as vezes abrem mão das críticas construtivas e classificam todos como haters.
Rauzito diz: Meus sistemas avaliam que a afirmação proferida é verdadeira, mas o lançamento do episódio se faz necessário. Você está demorando e isso é uma crítica construtiva.
Diogo Bob diz: Ok Rauzito, só me deixa finalizar a minha edição com calma, pois esse episódio deu muito trabalho. E além das críticas construtivas vai vir uma galera detonando.
Rauzito diz: Observo que você está cada vez mais sincero em relação aos haters.
Diogo Bob diz: Quem me dera que todas as pessoas fossem sinceras com seus sentimentos em relação a esses caras.
Rauzito diz: Fui projetado para ser 100% sincero, os humanos falham nesse quesito.
Diogo Bob diz: De qualquer forma, finalizei o episódio. Assim posso pensar em alguma coisa para combater essa horda de chatos…

Assine o feed: AndroidiTunes

  • Darley Santos

    Haters (e generalizo, fanboys também) devem chafurdar no seu haterismo, se engasgar com o sangue de seu próprio haterismo, e ter hemorroidas de inconformação com as opiniões alheias diferentes! Mas não é verdade que o mundo hoje está bem chatinho?!? O politicamente correto dita normas de convivência que estão tornando a própria convivência cada vez mais difícil e chata… Prefiro tomar meu vinho com meus amigos imaginários aqui em casa…

    • Diogo Rodrigues

      Ahahahahaha… Concordo e pode me chamar pro vinho! Acho que imaginei uma solução que não está dentro do politicamente correto.

  • Jorge Augusto

    E aew Diogão! Suavis, man?

    Um tantinho atrasado, mas vamos ao seu feedback.

    A questão é que há categorias de haters. Há quem seja apenas por ser, porque gosta de reclamar (QUASE enquadrei o Rissut nessa categoria, mas ele tem embasamento, então por isso o tirei da classificação), às vezes por preciosismo (seu precioso seriado não pode ser tocado até o final dos tempos, a obra original é sagrada e não tem quem possa melhorá-la), às vezes por querer aparecer (sim, tem os que gostam de pendurar a melancia no pescoço)… São tantas as classificações que uma hora eu seria barrado no Disqus por limite de caracteres, por isso achei por bem parar por aqui.

    Parabéns pelo episódio que ficou bastante bom. Até o próximo comentário.

    • Diogo Rodrigues

      Fala, grande Jorge!

      O Rissut é resmunguento. Hater jamais… Rsrsrsrs

      Suas definições dos odiadores, ou zangados com ódio, ou sei lá mais o quê, foram excelentes.

      Valeu mesmo por vir aqui dizer que gostou. Não se preocupe com atrasos! Eu nunca chego na hora em festas também, não posso cobrar…. Rsrsrsrsrs

      Abracos