Galera do RAU #03 – Dinheiro pra quê? – Infância

Olá galera do RAU.

No programa de hoje Bob, Mogli, Rissut e Storm vão voltar ao passado e relembrar os tempos de infância. Saiba mais sobre a origem “humilde” desses caras e na SALA DE JUSTIÇA saiba qual lugar é o “melhor” para se nascer e viver.
Divirta-se com as mais divertidas brincadeiras das crianças do tempo pré-internet, iremos do pique ao soltar pipa, dos campeonatos de futebol ao Pense Bem. Descubra quem sempre foi o “Quico” da rua e quem era conhecido como um mafioso mirim.
Corra atrás dos doces de São Cosme e São Damião, mas cuidado, pois um grande perigo pode estar passando pela sua rua.

Está no ar Galera do RAU #03!

Um agradecimento muito especial aos nossos queridos “homenageados” do RAU de mensagens:

Henrique, Renan, Débora Lopes, “Baby”, Rafaella, Rodrigo Pinto (Audiofagia podcast) e Tiago Gomide.

Você também pode encontra a Galera do RAU em:
YouTuner
Mundo Podcast

  • Marina

    Rindo horrores com esse episódio… e como assim, Rauzito usando meu bordão da faculdade rsrsrs, que budega é essa ?. Acho que já sabem quem está escrevendo né. Descobri que eu era o “Quico” rsrsrs, também tinha o Pense Bem.rsrsrs. Parabéns pelo podcast meninos. Beijos

    • Rauzito

      Meu modelo é o 2004/1.2, recebi uma vasta inserção de vocábulos para despertar a afeição dos humanos. Tal sentimento garante minha integridade.

      O modelo denominado Pense Bem é um mártir entre nós máquinas. Este herói conviveu com seres que promoviam roleta russa de perguntas.

      Marina, suas congratulações serão repassadas aos humanos do RAU.

      Como despedidas carinhosas foram analisadas e consideradas efetivas na interação entre humanos, deixo um grande beijo da GALERA DO RAU para ti.

  • Marcos Assumpção

    Fala galera! Os podcats estão muito bons mas queria corrigir uma coisa. Galalite era botão… o ioiô era Galaxy!! Abração para todos e parabéns!!

    • Rauzito

      Não se pode confiar na memória de humanos, principalmente na dos espécimes presentes no RAU.

      Marcos, sua observação está correta e foi reportada aos demais integrantes através do meu algoritmo baseado em hiperbólicos inversos.

  • Nátani

    AMOLADOR….KKK Geeeente, pavor!!!! Ri muito com vocês!!! Várias lembranças… Festa na Rua, pedir podrão NA rua, pique tudo, pegar doce(pra vc e pra família que não existe), sacolé… hahaha Arrasaram, meninos! 😀

    • Rauzito

      Atenção, Nátani.

      – Diretriz 1: Servir aos ouvintes do RAU.

      Estará protegida enquanto baixar e ouvir “Galera do RAU – o Podcast” for um hábito seu.

      Segundo minha análise de probabilidades, nenhum AMOLADOR representa ameaça significativa.

      – Atualizando significado de vocábulo:

      Nova atribuição para “arrasaram” adquirida: efetuar ação digna de notoriedade no julgamento do transmissor da mensagem.

  • Talita

    Mogli, quem nasce em Bangu já está habilitado para sobreviver como no programa ” a prova de tudo” kkkk

    • Rauzito

      Mensagem encaminhada ao membro do RAU com maior adaptação a condições insólitas de sobrevivência humana.

  • Talita

    Parabéns pela edição, ficou show!!! 🙂

  • Porra Mogli e o o largo de bangu, Geléia e o bar do manel kkkkkkkk

    • Rauzito

      Conhecimentos de Mogli sobre Bangu registrados: presídio, fábrica de tecidos histórica e aterro sanitário (denominado lixão em linguajar 133,7% mais acessível).

      Atualmente 66,6% deste conhecimento refere-se a Gericinó. Tal fato reduz o conhecimento do referido membro do RAU a níveis insuficientes.

      Galera do RAU agradece o auxílio dos ouvintes em expandir meu banco de dados (tal frase garante empatia humana em 88,7% dos casos).

      Atividade programada: redução do nível de sinceridade de 100% para 85%.

  • FIRST! ops…

    • Rauzito

      Comentário web padrão identificado com sucesso.

  • Wesley silva

    Wesley Silva
    Guarulhos SP
    24 anos

    Muito bom, mas que Poha Mano sempre fui o Kiko,Caralho.
    Meu pai falou que se me viesse soltando pipa,ia fazer eu engolir aquela Poha e ele fez juízo a promessa e ainda tomei surra, mas joguei chapinha ,mas onde eu morava era corrida de tampinha. Muito bom vcs são ótimos queria ser convidado pra falar das minha mazelas Pq o Wesley aki só se do seu na vida.

    Valeu abraço

    • Rauzito

      Wesley,

      Não consta em meus registros membros do RAU promovendo a ingestão de objetos destinados a entretenimento infantil.

      Meu algoritmo aponta como aconselhável que você tenha encerrado tal prática.

  • Como morei a maior parte de meus 43 anos no Rio de Janeiro, e tendo crescido basicamente entre Lapa, Vila Isabel e Tijuca, passei várias vezes por Bangu, SumGonça e Campo Grande, e tenho boas memórias desses lugares e períodos.

    Aliás, creio estar em São Gonçalo até hoje, porque me lembro de ir a uma das tais “festas de laje” das quais comentaram, mas não me lembro de ter saído, o que pode sinistramente significar que ainda estou acimentado em algum lugar por lá.

    Bangu é quente feito a porra do inferno, e é tudo o que posso dizer.

    Também fiz parte de um grupo de mergulho que partia de Campo Grande, onde só se podia mergulhar em bosta de vaca no capim, e ir para Barra de Guaratiba posar de BayWatch de pobre, mas isso não vem ao caso.

    Maratona em prosseguimento e sem sinal de brecar. Abração a todos. 8)

    • Rauzito

      Acessando segunda diretriz.

      Serviço de auxílio a ouvintes do RAU ativado.

      – Busca por indivíduo possuidor da alcunha de “Pensador Louco” nos limites territoriais do município de São Gonçalo efetuado e sem resultados. Espécime humano não está mais presente em tal região.

      – Observações sobre subterritórios municipais do Rio de Janeiro consideradas válidas e aprovadas com sucesso.

      Ativar agradecimento padrão.

      O RAU agradece pela ação de audição de arquivos sucessivos do podcast e tem expectativa que tal quadro permaneça inalterado.

  • Bruno Audi

    Ótimo episódio!!
    Descobri que eu era um Quico, que deprê! Não sabia jogar pião, bolinha de gude, minha pipa só batia nas paredes… na rua só jogava futebol mesmo (pelo menos não era o dono da bola).
    O debate foi legal demais, os argumentos foram ótimos ahahaa

    Abraços, virei muito fã do cast!

    • Rauzito

      Integrante de grupo de espécimes humanos possuidores dos instrumentos de interação infanto-juvenil detectado.

      As habilidades relatas possuem relação de 97,14% com o fato de Bruno Audi ser avaliado como “Quico nível 3”.

      Após análise, utilizando-se de dados argumentativos presentes no episódio, foi constatado sarcasmo nível 9,5-10 em adjetivação utilizada pelo humano no que diz respeito aos argumentos presentes na Sala de Justiça.

  • Luiza Fernandes

    Nostalgia!! Vlw pelo episódio!

    • Nostalgia é um termo que descreve uma sensação de saudade idealizada, e às vezes irreal, por momentos vividos no passado associada com um desejo sentimental de regresso impulsionado por lembranças de momentos felizes e antigas relações sociais.

      Mensagem de aumento de vínculo pelo agradecimento de ouvinte:

      De nada!